quinta-feira, 13 de maio de 2010

Brincando aos Honoris-Causa

Anda uma febre em Moçambique, que se traduz na distrubuição de Doutoramentos Honoris Causa. Os titulos são dados a qualquer um, não importa que tipo de camponês a pessoa é. Não importa se bom ou mau camponês. Não importa se verdadeiro ou falso camponês. O que interessa, mesmo, é distribuir honoris.
Só neste ano, foram sorteadas muitas pessoas, com os tais canudos. Canudos tão vazios que mais e apenas servem para ridicularizar quem os distribui e assim como a quem os aceita receber. Canudos que apenas tem o fito de vulgarizar, desprestigiar e anular o real valor de um Doutoramento Honoris Causa.
Vi na TVM que um Instituto Superior baseado na Beira, ainda na idade de tomar NAN, LACTOGEN ou Calostro materno, acabava de outorgar um título de Doutor Honoris Causa a um Moçambicano que não fixei o nome. O tal Instituto Superior dada a sua tenra idade, ainda não graduou sequer um bacharel mas já tem coragem de dar passos bem largos que os seus proprios pés. O tal Instituto a correr sei lá para onde, decidiu na mesma cerimónia que dava o honoris ao meu compatriota, graduar uns doze licenciados vindos de outras universidades mas que por razões não reveladas foram concluir os seus cursos no famigerada casa da ciência.
Me parece que já chegou o tempo de começarmos a ser sérios nestas coisas, se queremos crescer como nação, se queremos ser reconhecidos e respeitados pelos outros, se queremos que as nossas instituições do ensino superior se equiparem às de outros paises.
E desde já, dou os meus parabens aos general Chipande que gazetou ao evento. Aliás, ele também tem um diploma a sua espera no Instituto Superior que leva o seu nome, lá nas bandas do Chiveve. Eu no lugar dela, não-o acitava.
Ish Moçambique anima.....

14 comentários:

Ximbitane disse...

Saiete, eu ainda nao fiz nada de visualmente significativo para merecer tal honra, mas ja que esta na moda, porque nao? Eu educo os homens do amanha!

Jorge Saiete disse...

hehehe, minha amiga vamos esperar que uma das nossas casas da ciencia veja o teu trabalho e te ofereça um honoris, heheheh

A ideia não é que não devem dar mas que se discipline a forma de como a coisa é feita, sobretudo que se clarifique quem pode dar. Que requisitos o "dador" deve ter, senão qualque escolinha vai andar a distribuir honoris

Chacate Joaquim disse...

Finalmente acabou o silêncio Saete, pensa que ia até aonde com ele! heheheh... é de facto inquietante é essa coisa de colocação de homens assumirem cargos de liderança só por confiança mesmo sem nenhuma competência é a nosso ver ridículo para além de por o país concheando (um economista piloto!) só em Moçambique mesmo.

Anónimo disse...

Hum, Meu caro o assunto é bem serio! Acho que neste pais muitos estão interpretar mal a ideia de desenvolviemnto! tudo está politizado de tal modo que nunca se vai buscar um Hermen para lhe atribuir o titulo Honoris Causa, sempre um tipo ligado a politica de foram activa.... o tal que referes é um influente no Partidão pelas bandas do Chiveve!
Até quabdo esta maneira de estar de certas Instituições de ensino Superior? Alias estes deviam preocupar-se em tirar os Primeiros formados internos e depois essas parvices!
Realmente o Pais esta de pernas pra o Ar..
Hcossa

Reflectindo disse...

Hcossa disse tudo. Honoris-Causa mesmo a que é atribuida por instituicões internacionais é apenas GRAXA. É isso que permite que a instituicão burle o povo com graduacões falsas.
Realmente porque Honoris-Causa é para que está no poder e tem poder? Se é distincão é entre quem e quem? Pessoas que tiveram as mesmas condicões?

Mas todos correm para ser doutores, tal igual os curandeiros quer ser chamados Doutores.

Reflectindo disse...

Já li sobre os que são os Honoris-Causa. Afinal é a Alberto Chipande e Henriques Bongesse!!!!!

Chacate Joaquim disse...

Sem papas reflectindo...

Gil Cambule disse...

E que dizer de uma obscura universidade americana que nos trouxe o «h.c.» para a nossa first lady??
A andar assim, nem precisaremos de Ministra da Mulher e Acção Social.
A nossa dona 4x4 toma-lhe o lugar!

Chacate Joaquim disse...

ya Cambule, não gostei da forma como se pronunciou na cerimónia da Crans Montana "tivemos que convidar a Ministra da Mulher..." afinal quem convida quem? será first lady também chefe do Governo? não concordo com esta forma ou eliminemos o ministério e passa para o Gabinete dela mesmo porque o PR nunca é Viúdo ou devorciado muito menos solteiro.

Jorge Saiete disse...

HCossa, bem vindo a esta casa.
na verdade o país está de pernas para o ar e assim continuará a menos que alguem ponha as coisas em ordem as soon as possible

Jorge Saiete disse...

"Mas todos correm para ser doutores, tal igual os curandeiros querem ser chamados Doutores"
mano reflectindo, o país padece de doutorite. talves seja tempo de deixar medicos e enfermeiros e platão, antes que as coisas piorem. Só falta atribuirmos um honoris a quem introduziu na boca dos politicos a bizara falacia "geração da viragem"

Jorge Saiete disse...

Assino por baixo Cambule

Jorge Saiete disse...

Chacate pergunta: será a first lady também chefe do Governo?
Resposta: duvidas?

Chacate Joaquim disse...

Então que seja ela a orientar as reuniões do Conselho de Ministros de uma vez enquanto o outro se oucupa com as negociatas!...